Prefeito recebe G8 para tratar da greve e de projetos futuros

Santos Aguia | 10:01 | 0 comentários


Foto: Cadini/Secretaria de comunicação
O prefeito Edgar Bueno iniciou a agenda desta manhã (27) recebendo o G8 - grupo formado por oito das principais entidades organizadas de Cascavel (Acic, Amic, CDL, OAB, Sindilojas, Sociedade Rural do Oeste, Sindicato Rural e Sinduscon/Oeste). Eles vieram tratar de projetos estratégicos para os próximos 20 anos para o Município e ouvir o posicionamento da prefeitura em relação à greve dos servidores da saúde municipal, para formar opinião sobre o movimento paredista.

Na oportunidade, o prefeito ao lado do secretário da Saúde, Reginaldo Andrade; do vice-prefeito e secretário de Obras, Maurício Theodoro; do secretário de Administração/Comunicação; do presidente da Fundetec, João Cunha e da diretora do Departamento de Recursos Humanos, Vanilse Schnfert, detalhou números relacionados à situação financeira do Município, bem como sobre os salários dos servidores da saúde, comprovando que é impossível atender à reivindicação salarial da categoria.
“Além da discussão ocorrer fora da data-base, o pedido de reajuste de 40% é abusivo e impraticável. Mostramos aos empresários que o Município está em dia com as obrigações salariais, que já abriu as negociações, mas que o sindicato manteve a greve alegando que não houve avanços”, destacou o prefeito.

Edgar Bueno comunicou aos empresários de Cascavel que atendeu o Sismuvel no primeiro dia de greve, segunda-feira, dia 23, além de uma comissão de servidores e deixou marcada uma reunião de trabalho para a próxima segunda-feira, dia 2 para dar continuidade às negociações. Apesar disso, a greve foi mantida, gerando prejuízos à comunidade.

“Abrimos o diálogo, mas o sindicato manteve a greve, atrapalhando o atendimento à população e criando dificuldades para os servidores que querem continuar trabalhando. Muitos foram coagidos e constrangidos, tendo de ser remanejados de suas unidades para poderem trabalhar. Por essas razões e pelos prejuízos à sociedade, comuniquei hoje aos empresários de Cascavel que está suspensa qualquer tratativa com o Sismuvel. Negociações, agora, somente em maio, quando está legalmente aberta a data-base de todos os servidores do Município de Cascavel”, declarou o prefeito.
A ausência de servidor ao trabalho, sem amparo de justificativa legalmente reconhecida, será considerada falta injustificada, com o desconto em folha de pagamento.


A falta ao trabalho pode acarretar, ainda, em prejuízos nos avanços e promoções na carreira do servidor, bem como na perda de benefícios como a licença-prêmio do período (três meses remunerados), mais férias anuais (um mês).

Fonte: Secretaria de comunicação

Category:

About GalleryBloggerTemplates.com:
GalleryBloggerTemplates.com is Free Blogger Templates Gallery. We provide Blogger templates for free. You can find about tutorials, blogger hacks, SEO optimization, tips and tricks here!

0 comentários