domingo, 26 de julho de 2015

Remédio para prevenção após exposição ao HIV será distribuído pela rede pública de saúde

Santos Águia     julho 26, 2015    

Foto: Adair Gomes / Imprensa MG
Qualquer pessoa que tiver contato com o vírus da AIDS, como em acidentes de trabalho, violência sexual ou que teve relação sexual, sem preservativo, vai poder buscar medicamento preventivo no sistema público de saúde. O medicamento já era distribuído gratuitamente para trabalhadores da área da saúde, agora terá o atendimento unificado sem a necessidade de prescrição do remédio por um infectologista.

O consumo preventivo do coquetel, conhecido como profilaxia pós-exposição (PEP), dura três meses e pode impedir que o vírus se espalhe pelo corpo. Quem for exposto ao vírus deve procurar o serviço de saúde em até 72 horas, mas o ideal é que a pessoa seja atendida até duras horas depois do contato.
O primeiro atendimento após a exposição ao HIV é considerado emergência médica. O coquetel deve ser tomado por pelo menos 28 dias consecutivos com remédios antirretrovirais previstos no protocolo: tenofovir, lamivudina, atazanavir e ritonavir.



(Com informações da Agência Brasil)

0 comentários :

© 2011-2014 Portal Águia News. Designed by Bloggertheme9. Powered By Blogger | Published By Blogger Templates .