Brasil perde mais de 86 mil postos de trabalho em agosto

Santos Aguia | 09:06 | 0 comentários

Foto: Marco Santos/ USP Imagens
O Brasil perdeu, em agosto, 86.543 postos de trabalho, uma queda de 0,21% em relação ao mês anterior. É o quinto mês consecutivo em que há diminuição no número de postos. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego e foram divulgados nesta sexta-feira (25).

Desde janeiro de 2015, já foram desativados 572.792 postos de trabalho e, nos últimos 12 meses, foram 985.669 postos. Considerando a série histórica, que começou em 1992, o último número divulgado foi o pior resultado para o mês agosto desde 1995.

Apenas dois dos oito setores da atividade econômica acompanhados pelo Caged apresentaram um aumento no número de empregos: serviços e administração pública.

O setor de serviços criou 4.965 postos, um aumento de 0,03% em relação a julho, e a administração pública criou 730 vagas, aumento de 0,08%. No setor de serviços, foi destaque o aumento de vagas no ensino (+ 17.165 vagas) e em serviços médicos e odontológicos (+ 5.162 postos).

A maior perda de postos de trabalho aconteceu na indústria de transformação – 47.944 postos foram perdidos, uma queda de 0,6%. Dos 12 ramos de atividade que compõem o setor, 11 perderam empregos. A exceção foi a indústria de produtos alimentícios, que ganhou  7.649 postos. A agricultura perdeu 4.448 postos, uma queda de 0,27%.

O número de postos de trabalho diminuiu em quatro das cinco regiões brasileiras. A única região que gerou empregos foi o Nordeste, com 893 postos criados. No acumulado do ano, a maioria das regiões apresentou queda no nível de emprego – a exceção é o Centro-Oeste. Já nos últimos 12 meses todas as regiões tiveram perdas.
Nove estados tiveram elevação do nível de emprego. Os que mais geraram postos foram a Paraíba, com a geração de 4.293 postos, seguida de Alagoas, com 2.505, e o Acre, com 1.179 novas vagas. Na Paraíba e em Alagoas, o resultado positivo se deve à atividade sucroalcooleira e, no Acre, o maior gerador de empregos foi o setor de serviços.

Ainda de acordo com o Caged, o interior do país tem tido melhores resultados do que as regiões metropolitanas. No interior, foram perdidas 34.519 vagas, ou -0,23%, enquanto, nas regiões metropolitanas, foi registrada perda de 45.313 empregos, ou -0,28%.




Com informações da EBC.

Category: , ,

About GalleryBloggerTemplates.com:
GalleryBloggerTemplates.com is Free Blogger Templates Gallery. We provide Blogger templates for free. You can find about tutorials, blogger hacks, SEO optimization, tips and tricks here!

0 comentários