Por vantagem mínima, Santos vence na Vila e está a um empate do título

Santos Aguia | 08:12 | 0 comentários

Foto: Flickr / Santos FC
Santos e Palmeiras protagonizaram um duelo nervoso nessa noite de quarta-feira, na Vila Belmiro. Mas quem levou a melhor foi a equipe santista. Depois de perder pênalti no início da primeira etapa com Gabriel, o time da casa não se abalou, fez prevalecer seu maior volume de jogo durante os 90 minutos e venceu por 1 a 0, com gol de Gabriel, que se redimiu aos 32 do segundo tempo. A vantagem alvinegra só não aumentou porque Nilson, no último lance, com o gol aberto, perdeu uma chance inacreditável.
O resultado dá a chance do Peixe levantar o caneco jogando pelo empate na próxima quarta, dia 2, às 22h, no Allianz Parque. Já o Verdão, se quiser ser campeão sem levar o jogo para as penalidades, terá que vencer por dois gols de diferença. Caso vença por um apenas, a decisão irá para os pênaltis. Lembrando que o critério de gols fora de casa não vale na final da Copa do Brasil desse ano.
VALE LEMBRAR
Santos e Palmeiras decidiram nos pênaltis o Campeonato Paulista desse ano, depois de cada um vencer dentro de sua casa. Na Vila Belmiro o Santos levou a melhor e levantou a taça do estadual.
ESPERANÇA ALVIVERDE
Nos dois jogos contra o Peixe em 2015 no Allianz Parque, o Verdão conseguiu duas vitórias por 1 a 0, uma pelo Paulista e outra pelo Brasileiro. Resultado que deixa o Verdão vivo na luta pelo título, levando o duelo para as penalidades.
HISTÓRICO
Vencedor em 1998 e 2012, contra Cruzeiro e Coritiba respectivamente, o Palmeiras sonha com o tricampeonato. Enquanto o Santos, campeão da Copa do Brasil em 2010, contra o Vitória, luta pelo bi.
O JOGO
A primeira decisão paulista da história da Copa do Brasil começou bem movimentada e com chances de gol para os dois lados. Logo aos dois minutos, o Verdão quase abriu o placar. Robinho cobrou falta perigosa, Vanderlei espalmou mal, e no rebote, Jackson com o gol aberto cabeceou pra fora. Dois minutos depois, a resposta alvinegra.  Em cobrança de escanteio, Arouca puxou Ricardo Oliveira dentro da área e o juiz Luiz Flávio de Oliveira apontou para marca da cal. Pênalti para o Santos. Na cobrança, Gabriel bateu forte de canhota no canto esquerdo de Prass e a bola carimbou a trave.
Mesmo com a oportunidade desperdiçada, o Peixe continuou com um ritmo forte no ataque, mantinha a posse de bola, mas não conseguia furar o bloqueio alviverde. Aos 12 minutos, dor de cabeça para o técnico Marcelo Oliveira, do Palmeiras. Seu jovem atacante Gabriel Jesus sentiu o ombro, após sofrer falta de David Braz, e teve que sair de campo. No seu lugar, entrou Kelvin.
Depois da correria inicial, o jogo ficou mais brigado. Os passes errados das equipes ficaram frequentes, e assim, poucas chances foram criadas. O ritmo do jogo diminuiu. Quando o Palmeiras tinha a bola, cadenciava o jogo e não chegava ao ataque, por conta também da forte marcação santista. Já o Santos trocava vários passes e buscava jogadas em velocidade, tanto pelas laterais quanto pelo meio. E foi pela lateral direita que o Peixe criou uma grande chance e quase abriu o marcador. Victor Ferraz entrou em velocidade dentro da área, tirou do marcador e cruzou para Ricardo Oliveira na entrada da área. O atacante chutou em cima de Fernando Prass, que salvou o Palmeiras.
Com 58% contra 42% de posse de bola e 7 finalizações contra 3 do Palmeiras, a equipe santista foi para o vestiário com o empate. A equipe alvinegra praiana foi superior nos 45 minutos.
E os 45 minutos finais não foram diferentes. Aos 2 minutos, Lucas Lima deu lindo passe para Gabriel, livre, dentro da área. O atacante dominou, girou e bateu. Prass, mais uma vez, salvou o Verdão. Em seguida, aos 5 minutos, o Palmeiras respondeu. Dudu lançou para Barrios dentro da área do Santos, o atacante saiu na cara do gol de Vanderlei e foi derrubado por David Braz. O juiz nada marcou.
Depois desses sustos para os torcedores, o jogo caiu de rendimento. A chuva começou a cair em Santos e dificultou o trabalho das duas equipes. A partida ficou mais truncada e o juiz passou a distribuir cartões. Mas esse arbitro, Luiz Flávio de Oliveira, aos 22 minutos, teve que ser substituído. Sentindo-se mal, ele saiu de campo e deu lugar ao árbitro Marcelo Aparecido de Souza.
Chegou aos 30 minutos da segunda etapa e o número de finalizações dos times era esse: duas (do Santos). A partida encaminhava-se para um 0 a 0. Mas, três minutos depois, Gabriel apareceu de novo na partida.
Depois de perder pênalti no início, ele se redimiu. O jovem atacante santista recebeu passe de Ricardo Oliveira no bico da área, passou por Amaral e ficou cara a cara com Fernando Prass. Dessa vez não desperdiçou, bateu no canto e abriu o placar na Vila Belmiro. Festa da torcida santista que lotou o estádio.
Depois do gol, o Palmeiras não reagiu e quase complicou mais a situação para o segundo jogo da final. Aos 44 minutos, o lateral-direito Lucas, que já tinha cartão amarelo, chutou a bola em cima de Lucas Lima quando o jogo estava parado e acabou expulso.
A expulsão gerou um tumulto entre os jogadores, mas nada de grave aconteceu, só algumas discussões e reclamações, que também aconteceram no final do jogo. Para sorte dos palmeirenses, já nos acréscimos, último lance de jogo, Ricardo Oliveira recebeu longo lançamento, se livrou do marcador e do goleiro, perdeu o equilíbrio e a bola sobrou para Nilson, com o gol aberto, só empurrar para as redes. Mas sem acreditar na grande chance de ampliar o placar, o atacante santista perdeu uma chance inacreditável, que (quem sabe) pode custar o campeonato.
Público e Renda
– 14.116 torcedores pagantes para a primeira partida da final da Copa do Brasil.
A renda foi de R$ 1.631.560.
E AGORA? 

Santos e Palmeiras duelam novamente na próxima quarta-feira, às 22h, no Allianz Parque, em São Paulo. Mas antes disso, as duas equipes entram em campo no domingo, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe vai ao Rio de Janeiro para enfrentar o Vasco, às 17h, em São Januário; enquanto o Palmeiras recebe o Coritiba, às 18h, no Allianz Parque, em São Paulo.

Texto: João Vitor Colla

Category:

About GalleryBloggerTemplates.com:
GalleryBloggerTemplates.com is Free Blogger Templates Gallery. We provide Blogger templates for free. You can find about tutorials, blogger hacks, SEO optimization, tips and tricks here!

0 comentários