Fantasma ‘carimba’ ano desastroso e jogará a Segundona em 2017

Santos Aguia | 09:57 | 0 comentários

Foto: Cristiano Barbosa/aRede
Um ano para esquecer. A partida entre Operário Ferroviário e Foz do Iguaçu de nada adiantou para os planos do Fantasma em permanecer na elite do Campeonato Paranaense. O time de Ponta Grossa até venceu o jogo por 1 a 0, mas viu o Cascavel bater o Rio Branco por 2 a 1 e matar qualquer possibilidade de continuar da primeira divisão.

O primeiro tempo da partida começou corrido para os dois lados. Com boas movimentações no ataque, o Operário levava perigo ao goleiro do Foz em bolas aéreas – principalmente em jogadas de escanteio.

Aos 19 minutos, Thiago Silva sentiu um desconforto dentro de campo e precisou ser substituído por Rafinha. A mudança ‘forçada’ deu mais posse de bola ao Fantasma no meio-campo. Aos 25 minutos, Juba dominou dentro da área e chutou, mas o goleiro Nei fez boa defesa. No rebote, a bola saiu ao lado do gol.

O Foz levou perigo aos 31 minutos, com Marcelo. O jogador recebeu passe após boa jogada pela esquerda, mas chutou para fora. O troco veio um minuto depois, com Baiano. O jogador bateu de longe e deu um susto no goleiro Nei, mas a bola acabou saindo por cima. O jogo seguiu movimentado até o intervalo da partida. O Operário conseguia várias cobranças de escanteio, mas não aproveitava as oportunidades.

Na volta para o 2º tempo, o Fantasma foi para o tudo-ou-nada e pressionou o time do Foz. Logo aos dois minutos, Recebeu a bola na entrada da área e, no meio, chutou direto para o gol, mas a bola acabou saindo. Aos seis, foi a vez de Lucas Batatinha levar perigo. O atacante bateu no meio do gol e obrigou Nei a fazer outra boa defesa.

Aos 15 minutos, Lucas Batatinha desperdiçou uma ótima oportunidade para abrir o placar. O atacante recebeu sozinho na entrada da área e chutou, em cima de Nei. No rebote, Batatinha tentou novamente, mas a zaga do Foz evitou o gol em cima da linha. Os últimos 30 minutos de partida foram de pressão do Fantasma.

Aos 38 minutos, Lucas Batatinha chegou a balançar a rede, mas a arbitragem marcou impedimento. O ‘gol de honra’ do Fantasma, que selou a vitória e sacramentou o rebaixamento, veio aos 45 minutos da segunda etapa, com Lucas Batatinha.

O apito do árbitro marcou o início de uma nova era no clube de Ponta Grossa. Após um 2015 recheado de alegrias para torcedores, jogadores e comissão técnica, o Operário apresentou um futebol desastroso em 2016 e terá que jogar a Série B do Campeonato Paranaense no ano que vem. É a primeira vez na história em que o atual campeão paranaense é rebaixado no ano seguinte.


Fonte: arede.info
Texto: Rodrigo de Souza



Category:

About GalleryBloggerTemplates.com:
GalleryBloggerTemplates.com is Free Blogger Templates Gallery. We provide Blogger templates for free. You can find about tutorials, blogger hacks, SEO optimization, tips and tricks here!

0 comentários