Flamengo vence o Coritiba com gol de pênalti no fim do 2º tempo e ameniza crise

Santos Aguia | 03:16 | 0 comentários

foto: Divulgação/Flamengo/Gilvan de Souza
A vitória do Flamengo sobre o Coritiba por 2 a 1 com um gol marcado aos 45 minutos do segundo tempo, em uma cobrança de pênalti, no sábado (22), no estádio Luso-Brasileiro, no Rio, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro, aplacou a relação entre a torcida rubro-negra e o treinador Zé Ricardo, que recebia vaias das arquibancadas e certamente sofreria muita pressão, caso o time não saísse de campo com a vitória depois de três empates e uma derrota.

Com o triunfo, o Flamengo subiu para o terceiro lugar do Brasileirão com 28 pontos, superando o Santos, que tem 27, mas ainda joga na rodada, neste domingo, contra o Bahia, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. Já o Coritiba despenca na tabela de classificação e cai para a 14.ª posição com 19 pontos, passando a estar ainda mais perto da zona de rebaixamento da competição.

O atacante Everton – gripado – desfalcou o time flamenguista na última hora. Já no gramado, durante o aquecimento para a partida, o jogador não suportou o teste e foi vetado pelos médicos. O colombiano Orlando Berrío foi escalado em seu lugar. E a mudança influenciaria o resultado da partida.

O colombiano abriria o placar logo aos 6 minutos do primeiro tempo – o Flamengo já havia levado perigo pouco antes em um cruzamento do lateral-esquerdo peruano Trauco -, finalizando com muita eficiência um contra-ataque fulminante do time rubro-negro.

A jogada começou com uma roubada de bola na defesa do Flamengo. Geuvânio pegou a bola e serviu Everton Ribeiro na esquerda. O meia viu muito bem a escapada de Berrío e tocou. O colombiano ficou cara a cara com Wilson e teve tranquilidade para tocar na saída do goleiro: 1 a 0.

Aos 11 minutos, o Coritiba chegou com muito perigo. O lateral-direito Pará bobeou em uma cobrança de lateral. Tomas Bastos cruzou rasteiro e Rildo tentou arrematar, mas o zagueiro Rafael Vaz conseguiu fazer o corte. Na sequência, Matheus Galdezani emendou de primeira, só que o chute explodiu na zaga flamenguista.

Aos 29 minutos, o Flamengo chegou novamente com muito perigo pela esquerda. Geuvânio deu um belo passe de três dedos para Everton Ribeiro, que bateu firme, mas Wilson conseguiu desviar para escanteio.

O segundo tempo começou a todo vapor. O Coritiba voltou mais ofensivo. O interino Robson Gomes tirou um meio-campista para colocar o atacante Neto Berola. A pressão deu resultado. Logo aos 46 segundos, Henrique Almeida empatou a partida. O atacante do time paranaense recebeu passe de Tomas Bastos pela esquerda e, mesmo acossado por dois zagueiros flamenguistas, conseguiu tocar na saída de Thiago em uma falha gritante da defesa rubro-negra.

Mas o Flamengo não se intimidou com a reação dos curitibanos e, aos 3 minutos, o goleiro Wilson evitou o segundo gol carioca em um desvio de Rafael Vaz quase na pequena área. O lance prosseguiu e o mesmo Vaz, agora do lado direito do ataque, cruzou para Guerrero que, de carrinho, tocou para marcar o gol. No entanto, o assistente invalidou o lance, assinalando impedimento do peruano.

Aos 5 minutos de um segundo tempo que começou eletrizante, o Coritiba foi ao ataque e mais uma vez assustou a defesa rubro-negra. Thiago tirou no reflexo uma bola levantada por Tomas Bastos na área. Aos 12, Neto Berola invadiu a área em velocidade pela direita e cruzou rasteiro, mas Juan conseguiu desviar para escanteio.

Aos 16 minutos, Zé Ricardo decidiu trocar o colombiano Berrío pelo garoto Vinícius Júnior, negociado com o Real Madrid por 45 milhões de euros (aproximadamente R$ 163,7 milhões), que não era utilizado havia três rodadas. A mexida gerou vaias e o coro de “burro” de parte da torcida para o treinador rubro-negro.

O zagueiro Juan quase colocou o Flamengo à frente do placar novamente, aos 25 minutos. O defensor testou com muita força após uma falta cobrada perto do bico direito da área no segundo poste. A bola explodiu na trave superior de Wilson.

Aos 29 minutos, o Flamengo fez uma blitz na área do Coritiba. Primeiro, Juan cabeceou, mas sem sucesso. A bola foi para a direita, Rafael Vaz tocou para Vinícius Júnior, que caiu na área e pediu pênalti. A jogada prosseguiu, Guerrero teve a oportunidade de pegar um rebote e emendou de voleio para o gol, mas Wilson estava bem postado e defendeu com firmeza no centro da meta.

Pouco depois, aos 36 minutos, Neto Berola desperdiçou uma ótima chance de virar a partida em mais um contra-ataque rápido do time curitibano. O atacante tentou bater de fora da área, mas chutou muito alto, sem perceber que Henrique Almeida corria livre pelo meio e poderia receber o passe. Aos 38, Guerrero encontrou Rômulo, que surgiu sozinho na cara de Wilton e tocou de primeira, mas o goleiro do Coritiba fechou o ângulo.

Mas, aos 45 minutos, o zagueiro Márcio, do Coritiba, fez uma bobagem ao derrubar Vinícius Júnior na lateral da área: pênalti marcado pelo árbitro catarinense Bráulio da Silva Machado. Everton Ribeiro foi para cobrança e marcou com muita categoria, batendo no canto esquerdo de Wilson, que caiu para o lado direito: 2 a 1. Festa nas arquibancadas do Luso-Brasileiro.

Na próxima rodada (17.ª), o Flamengo irá a São Paulo para enfrentar o líder Corinthians, no próximo dia 30, um domingo, às 16 horas, no estádio Itaquerão. No mesmo dia e horário, o Coritiba terá pela frente o Atlético Mineiro, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 x 1 CORITIBA

FLAMENGO – Thiago; Pará, Rafael Vaz, Juan e Trauco; Rômulo (Lucas Paquetá), Willian Arão e Everton Ribeiro; Geuvânio (Felipe Vizeu), Guerrero e Berrío (Vinícius Júnior). Técnico: Zé Ricardo.

CORITIBA – Wilson; Léo, Márcio, Luizão e William Matheus; Jonas, Alan Santos (Neto Berola), Matheus Galdezani e Tomas Bastos; Rildo (Filigrana) e Henrique Almeida (Alecsandro). Técnico: Robson Gomes (interino).

GOLS – Berrío, aos 6 minutos do primeiro tempo; Henrique Almeida, aos 46 segundos, e Everton Ribeiro (pênalti), aos 45 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Willian Arão (Flamengo); Luizão, Tomas Bastos, Wilson, William Matheus, Rildo e Alecsandro (Coritiba).

ÁRBITRO – Braulio da Silva Machado (SC).

RENDA – R$ 732.655,00.

PÚBLICO – 11.722 pagantes (13.014 no total).


LOCAL – Estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ).


Fonte: 

Category:

About GalleryBloggerTemplates.com:
GalleryBloggerTemplates.com is Free Blogger Templates Gallery. We provide Blogger templates for free. You can find about tutorials, blogger hacks, SEO optimization, tips and tricks here!

0 comentários