Atlético segura a pressão, derrota o Palmeiras fora de casa e embala no Brasileirão

Santos Aguia | 14:25 | 0 comentários

(MAURíCIO RUMMENS/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)
E segue a ascensão rubro-negra na competição. Atuando fora de casa, o Atlético segurou a pressão adversária e derrotou o Palmeiras, por 1 a 0, na tarde deste domingo (6), na Arena Palestra, em São Paulo, em duelo válido pela 19ª rodada do Brasileirão. Com o triunfo, o Furacão chegou à terceira vitória consecutiva no campeonato e fechou o primeiro turno na oitava colocação.

Mesmo sem criar grandes chances, foi o Rubro-Negro quem chegou ao gol no primeiro tempo. Segurando na marcação, o time foi efetivo na vez em que chegou e abriu o placar com Thiago Heleno, de cabeça, aos 18 minutos de bola rolando.

Atuando com forte marcação no segundo tempo, o Furacão seguiu amenizando a pressão exercida pelos mandantes e se segurou como pode. Nas melhores chances criadas pelo Palmeiras na etapa complementar, o goleiro Weverton correspondeu bem, fez duas grandes defesas e garantiu o resultado positivo.

O Atlético retorna a campo na próxima quinta-feira (10), às 21h45, contra o Santos, na Vila Belmiro, válido pela volta das oitavas de final da Libertadores, precisando reverter a desvantagem da ida, quando foi derrotado por 3 a 2, na Vila Capanema. Pelo Brasileirão, o compromisso será no domingo (13), às 19h, diante do Bahia, na Arena da Baixada, pela 20ª rodada da competição.

Thiago Heleno sobe mais que a defesa e abre o placar

Em um primeiro tempo com poucas criações para ambos os times, quem levou a melhor foi o Furacão, que soube se fechar bem na marcação para amenizar a pressão adversária e aproveitou o espaço aberto e as falhas defensivas do Palmeiras para sair na frente.

Aos 18 minutos, na primeira chance rubro-negra, Guilherme cobrou escanteio na área e Thiago Heleno subiu mais alto que a defesa palmeirense para cabecear e abrir o marcador. Com forte marcação, o Furacão seguiu sem ser ameaçado e aproveitou para buscar nos contra-ataques as oportunidades. Aos 46, em nova falha, Ederson recebeu sozinho da área e quase ampliou o placar.

Furacão segura a pressão e garante vitória

Tendo que suportar as investidas dos mandantes na etapa final. Logo no início, aos 2 minutos, Guilherme ainda teve a oportunidade de ampliar, mas acabou esbarrando de boa defesa de Fernando Prass.

Nas poucas vezes que o Palmeiras chegou, Weverton passou a ganhar papel de protagonista para salvar. Aos 11, cruzamento na área para Erik, que ajeitou próximo a meta e o goleiro rubro-negro interviu. Na segunda, aos 13, Michel Bastos levantou na área, Antônio Carlos cabeceou e o camisa 12 espalmou. Na última grande chance palmeirense, aos 39, Borja recebeu livre e Jonathan chegou na hora certa para cortar e garantir a vitória fora de casa.


FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 0X1 ATLÉTICO

Local: Arena Palmeiras, São Paulo (SP).

Data: Domingo, 6 de agosto de 2017.

Horário: 16h.

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF).

Assistentes: José Reinaldo Nascimento Junior (DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF).

Público e renda: 29.778 pagantes | R$ 1.706.659,17

Palmeiras: Fernando Prass; Fabiano, Edu Dracena, Juninho (Antônio Carlos) e Zé Roberto; Jean, Tchê Tchê, Raphael Veiga (Moisés) e Michel Bastos; Erik (Deyverson) e Borja.

Técnico: Cuca.

Atlético: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Esteban Pavez, Lucho González (Eduardo Henrique), Guilherme, Sidcley e Pablo (Nikão); Ederson (Lucas Fernandes).

Técnico: Fabiano Soares.

Gol: Thiago Heleno (CAP) aos 18′ do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Michel Bastos (PAL); Paulo André, Fabrício e Guilherme (CAP).



Fonte: 


Category: ,

About GalleryBloggerTemplates.com:
GalleryBloggerTemplates.com is Free Blogger Templates Gallery. We provide Blogger templates for free. You can find about tutorials, blogger hacks, SEO optimization, tips and tricks here!

0 comentários