Marcelo Oliveira reclama da arbitragem e lamenta empate: “Sensação de derrota”

Santos Aguia | 10:47 | 0 comentários

Geraldo Bubniak /AGB
Em um jogo quente e cercado de polêmicas, o Coritiba ficou no empate no clássico contra o Atlético, em um a um, na manhã deste domingo (10), na Arena da Baixada. A igualdade foi bastante reclamada pelos alviverdes, não só pela chance desperdiçada de se distanciar da zona de rebaixamento, como também pelas circunstâncias. Em entrevista coletiva, o técnico Marcelo Oliveira lamentou o resultado depois de estar na frente e criticou a arbitragem, reclamando de pênalti não marcado em Rildo, momentos antes da penalidade que resultou no gol de empate rubro-negro.

“Não tem isso de merecimento. Merece ganhar o jogo quem faz os gols. A gente tem visto pelo futebol mundial as equipes jogando com estratégia as vezes de jogar um pouco mais fechado e sair no contra-ataque. A própria escalação indica que nós podíamos ter jogado mais. Teve o pênalti e eu também não posso estar falando, senão vou ser punido. Aí eu pergunto ao [Anderson] Daronco e à comissão de arbitragem: como é que eu faço? Não posso falar, mas olha o prejuízo que deu este lance, de pênalti claro e que no contra-ataque teve o do adversário. Um prejuízo grande que poderia ter sido diferente. Eu acho que a estratégia foi boa, não utilizamos tanto a nossa técnica, mas ficou essa sensação de derrota, apesar do volume de jogo que o Atlético teve”, disse o treinador em entrevista coletiva.

Dentro de campo, Marcelo Oliveira entrou com uma estratégia diferente da equipe, com a dupla de volantes formada por Alan Santos e Matheus Galdezani, Rildo mais solto pelo meio e Getterson na frente ao lado de Kleber. O comandante alviverde justificou as mudanças como uma tentativa de dar mais ênfase nos contra-ataques na partida.

“Nos trabalhamos na semana com o Jonas e soltando o Galdezani e o Alan [Santos]. Depois trabalhamos com o Getterson, que é um jogador de arrancada forte e que também ajuda na marcação. Nesta segunda formação, como optei pelos volantes que jogam, nós utilizamos pouco o lado direito. A gente faz as escolhas apostando que pode dar certo e acho até que controlamos ali no primeiro tempo. Era normal que o Atlético, diante da torcida e vivendo um melhor momento, pudesse vir para cima. Nós utilizamos pouco o contra-ataque e, quando o fizemos, o árbitro não deixou”, explicou o treinador.

Sem contar com o zagueiro Werley, que foi expulso por reclamação após a partida, e com o lateral-direito Léo, que recebeu o terceiro amarelo e está suspenso, Marcelo Oliveira lamentou não conseguir repetir a estratégia no próximo jogo. “Infelizmente, neste momento não temos condição de fixar o time. Trocando uma ou duas peças, você pode jogar de uma forma fora e dentro de casa. O espírito e a ideia é de jogar ofensivamente e fazer com que esses jogadores técnicos possam marcar sem a bola. Temos a possibilidade real de uma volta do Anderson e acho que ele treinando durante a semana, pode voltar bem, pois é um jogador técnico e que marca”, finalizou.

O Coritiba volta a campo na segunda-feira (18), contra o Palmeiras, na Arena Palestra, em São Paulo, em compromisso válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Fonte: 

Category: , , ,

About GalleryBloggerTemplates.com:
GalleryBloggerTemplates.com is Free Blogger Templates Gallery. We provide Blogger templates for free. You can find about tutorials, blogger hacks, SEO optimization, tips and tricks here!

0 comentários