Atlético-PR não sai do zero com a Chapecoense e se complica

Santos Aguia | 02:08 | 0 comentários

Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Diante de uma Chapecoense fechada na Arena da Baixada, o Atlético Paranaense não passou de um empate sem gols, complicando um pouco seus planos de entrar no G-7 do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Atlético-PR chegou aos 42 pontos, na nona colocação. A Chapecoense, por sua vez, ocupa a 12ª posição, com 39 pontos ganhos.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense enfrenta o Cruzeiro, no domingo, 05 de novembro, no Mineirão. Já a Chapecoense terá pela frente, no mesmo dia, o Sport, na Arena Condá, em Chapecó.

O jogo

O Atlético-PR foi para cima logo no início da partida e, aos quatro minutos, Thiago Heleno recebeu cruzamento e testou firme para grande defesa de Jandrei. O árbitro, na sequência, parou o lance para marcar o impedimento. Aos seis minutos, Ribamar partiu para cima da marcação catarinense e soltou o petardo, por cima da meta. Só dava o Rubro-Negro no ataque e, aos 10 minutos, foi a vez de Lucho arriscar o tiro, pela linha de fundo.

A primeira chance da Chapecoense quase foi fatal, aos 15 minutos, com a bola viva na área, nos pés de Wellington Paulista, que arrematou para Thiago Heleno tirar quase em cima da linha. A equipe visitante conseguiu segurar a pressão inicial e equilibrar as ações. Aos 24 minutos, Guilherme partiu para a jogada individual e cruzou na área, mas ninguém conseguiu se colocar para completar o lance.

O ritmo da partida caiu, com o Atlético mantendo ainda a posse de bola, mas sem conseguir furar a defesa adversária. Aos 33 minutos, Sidcley subiu no meio da área e testou para fora, com desvio no meio do caminho. Mais uma cabeçada no meio da área catarinense, aos 40 minutos, com Thiago Heleno fazendo Jandrei trabalhar.

Para a segunda etapa, as duas equipes retornaram sem modificações. O ritmo do jogo continuava ruim, com a Chapecoense se defendendo bem e procurando pouco o ataque. Aos nove minutos, a torcida se levantou com Nikão, que recebeu na área, tentou de voleio, obrigando Jandrei a fazer grande defesa.

O Atlético-PR começou novamente a ensaiar uma pressão. Aos 12 minutos, Wanderson aproveitou cruzamento para testar no cantinho e Jandrei defendeu. No rebote, Thiago Heleno passou da bola. Aos 17 minutos, Nikão recebeu bom passe de Jonathan e bateu forte, em cima da zaga, facilitando a saída de Jandrei. A torcida já se mostrava apreensiva nas arquibancadas. Aos 20 minutos, Pavez tentou cruzar e isolou.

A torcida pedia desde a primeira etapa e o técnico Fabiano Soares colocou em campo Felipe Gedoz. Aos 28 minutos, lançamento para Ribamar, que chegou atrasado e facilitou a saída de Jandrei.

A Chapecoense teve a chance de matar, aos 36 minutos, com Apodi cruzando rasteiro e Wanderson mandando para o lado do próprio patrimônio, sendo salvo por Weverton. O time catarinense se fechou ainda mais e o jogo não fluía na Arena.


Fonte: 

Category: , ,

About GalleryBloggerTemplates.com:
GalleryBloggerTemplates.com is Free Blogger Templates Gallery. We provide Blogger templates for free. You can find about tutorials, blogger hacks, SEO optimization, tips and tricks here!

0 comentários