quinta-feira, 18 de julho de 2019

Com trecho da duplicação liberado, motoristas “ganham” em média 15 minutos no trajeto Rondon/Toledo

Santos Águia     julho 18, 2019    

Foto: O Presente 

Sendo uma via de acesso aos principais polos regionais, a duplicação da BR-163 é comemorada por pessoas que utilizam o percurso diariamente e que destacam uma maior facilidade no deslocamento, com maior agilidade e segurança.

É o caso do rondonense Roberto Stankovicz, que trabalha com transporte universitário, de turismo e viagens. Ele, que há 15 anos percorre diariamente o trajeto de Marechal Rondon a Toledo levando estudantes para instituições de ensino daquele município, destaca a importância da duplicação. “Os atrasos com relação à falta de verbas causaram incontáveis transtornos, pois as pessoas têm horário para chegar em suas instituições de ensino. Então paravam as obras e, na retomada, trabalhavam em horário de pico para compensar, atrasando a todos. Sobre o trecho liberado, melhorou muito, pois, além de ser mais seguro, uma vez que o fluxo é intenso nos dois sentidos, otimizou o tempo de todos, pois o fluxo flui”, ressalta, emendando: “Sobre o término da obra, quanto antes terminar, melhor para todos, tanto pela segurança quanto pelo tempo”.

Quem também vive com o “pé na estrada” e conhece bem a rodovia é o representante comercial Roney Henrique Berbert. Ao menos três vezes por semana o rondonense percorre o trecho em direção aos municípios de Toledo e Cascavel ou outras regiões do Paraná. “Está sendo extremamente positivo em termos de tempo e segurança. Estrada que deixa de ser simples para ser dupla só traz benefícios”, declara. “Em questão de mais alguns meses a duplicação deve estar concretizada e deve evoluir muito mais. A gente até já sente que normalmente o ritmo está maior, as obras estão mais adiantadas, ritmo mais acelerado”, completa.

Proprietário de uma distribuidora e embaladora de produtos na área de higiene pessoal, Roney diz conhecer a rodovia desde que foi inaugurada e que há 30 anos a utiliza como principal via de deslocamento para negócios. “Desde o início já evoluiu muito. Só o fato de não precisar passar dentro de distritos, como se fazia antes, já torna tudo mais rápido”, considera.

Para quem utiliza o trajeto inverso os benefícios também são enaltecidos. A fisioterapeuta Josianne Bertoldi Schaedler se desloca de segunda a sexta-feira de Toledo para Marechal Rondon, onde tem um consultório de osteopatia e pilates. A duplicação já otimizou o tempo aplicado a esse processo diário, mas ela acredita que ainda pode melhorar. “Utilizo o trajeto há um ano e quatro meses e tenho certeza de que com o fim da duplicação os benefícios serão maiores, com fluidez de trânsito com mais segurança, sem contar que é um trajeto muito utilizado por estudantes, então todos serão beneficiados. Eu, por exemplo, levava 45 minutos para me deslocar de Toledo para Marechal, agora faço isso em 35 (minutos). São minutos que ajudam e fazem a diferença”, conclui.


Fonte: 


0 comentários :

© 2011-2014 Portal Águia News. Designed by Bloggertheme9. Powered By Blogger | Published By Blogger Templates .