Foto: Reprodução/Facebook
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou as datas e horários das partidas da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. A grande novidade fica pela confirmação do Foz do Iguaçu como substituto do JMalucelli que desistiu da competição após ser punido pelo STJD e eliminado do Paranaense.

O Foz do Iguaçu, que foi o sexto colocado no ano passado, entrou no grupo 16 ao lado de Inter de Lages, Novo Hamburgo e São Bernardo. A estreia será no dia 21 de maio, às 16h, diante do Inter, em Santa Catarina, e a primeira partida como mandante acontecerá na semana seguinte contra o Novo Hamburgo.

Quem também estreia longe de casa é o PSTC, que chegou à semifinal em 2016, mas foi rebaixado nesta temporada. O time de Cornélio Procópio está no grupo 17 com Ituano, São José-RS e Metropolitano. O primeiro jogo será em Santa Catarina com o Metropolitano também no dia 21, às 16h.

No mesmo dia e horário também estreia o Operário que compõe o grupo 15 juntamente com Brusque, XV de Piracicaba e São Paulo-RS. O Alvinegro é o único dos paranaenses que estreia em casa e vai enfrentar o Brusque, no estádio Germano Kruger.

Fonte: Banda B
O mercado de trabalho dá sinais de recuperação no emprego, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O instituto reconhece que os indícios ainda são difusos em relação à ocupação, mas ressalta que houve melhora nos salários.

O rendimento médio real do trabalhador teve alta de 1,4% no trimestre encerrado em fevereiro ante o mesmo período do ano anterior. No segundo trimestre de 2016, a renda dos ocupados registrava queda de 3,9% nesse tipo de comparação. O levantamento tem como base microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Foto: EBC
 “Pelo lado dos rendimentos, a expectativa é de continuidade deste movimento recente de recuperação salarial, possibilitado, em parte, pelo recuo da inflação. Mesmo que de forma moderada, a conjunção da expansão dos rendimentos reais, atrelada à melhora de comportamento da população ocupada, deve impactar positivamente o comportamento da massa salarial, gerando incentivos à retomada do consumo das famílias”, avaliou o instituto, em nota oficial.
O estudo, divulgado pela Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (Dimac) do Ipea, lembra que os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho também mostram uma melhora recente dos salários na economia. Após registrar quedas consecutivas durante todo o ano de 2015 e de 2016, os salários de admissão voltaram a apontar expansão em relação a um ano antes.

“Apesar desta alta, em fevereiro (de 2017), na média, os salários dos admitidos giravam em torno de R$ 1.340,00, enquanto os desligados possuíam remuneração média de R$ 1.640,00”, ponderaram os autores Maria Andréia Parente Lameiras e Sandro Sacchet de Carvalho, técnicos de Planejamento e Pesquisa do Ipea.

O levantamento aponta ainda que, embora a taxa de desemprego tenha atingido o patamar recorde de 13,2% no trimestre encerrado em fevereiro, há uma desaceleração no ritmo de redução da população ocupada. O movimento é impulsionado pela expansão da população economicamente ativa (PEA), que apresentou alta de 1,4% em 2016.

“Essa alta se explica, em boa parte, pelo aumento de 2,7% dos declarados ‘não chefes de família’ na PEA, o que aponta o ingresso de um ou mais membros do domicílio na força de trabalho, a fim de recompor a renda perdida com o agravamento da recessão”, explicaram os autores no documento.
O impacto da desaceleração econômica sobre o nível de emprego foi mais forte entre os trabalhadores com menor grau de instrução: ensino fundamental incompleto (queda de 5,6% em 2016) e ensino fundamental completo (redução de 8,3%). Já o contingente de trabalhadores com ensino superior cresceu 2,5% no ano, indicando que houve geração de postos de trabalho destinados a pessoas com maior qualificação mesmo no período mais grave da crise.

O fenômeno também ocorreu entre os trabalhadores com mais de 59 anos, que cresceram 1,1% no ano, o único segmento por faixa etária com variação positiva. Os trabalhadores com idade entre 25 e 49 anos, que correspondem a 62% de toda a população ocupada, tiveram uma redução de 1,4% no período.

“A força de trabalho brasileira vem, portanto, sofrendo alteração em seu perfil: está se tornando mais idosa e instruída, devido à acelerada transição demográfica brasileira e a uma série de políticas de aumento do acesso à educação iniciadas na década de 1990”, justifica o instituto.

A expectativa é de uma relativa estabilidade nas condições do mercado de trabalho nos próximos meses, mas a taxa de desocupação deve permanecer em patamares elevados.

“Em que pese a melhora do nível de atividade já a partir do primeiro trimestre do ano, o emprego tende a reagir lentamente às mudanças nos ciclos econômicos. Adicionalmente, os últimos dados parecem sinalizar que a reação deve ocorrer, em um primeiro momento, por meio da recuperação dos rendimentos reais – já beneficiados pela desaceleração da inflação – e, posteriormente, pela melhora no desempenho da ocupação”, preveem os autores.


 Fonte: Estadão conteúdo/ Banda B 
Foto: Google/Divulgação/Governo do MT
A campanha de vacinação da influenza tem inicio nesta  segunda-feira (17). Este ano a vacina será destinada também os professores da rede pública e privada, que agora englobam o grupo alvo da campanha. Todas as Unidades Básicas de Saúde já receberam as doses da vacina.

Os grupos prioritários beneficiados pela vacina distribuída gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) são pessoas com mais de 60 anos, crianças de 06 meses a 05 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), profissionais da saúde, povos indígenas, detentos e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade, além dos professores que também fazem parte do público alvo da vacina.

A vacina que será distribuída no período de 17 de abril até 26 de maio protege contra o vírus influenza A (H1N1) e (H3N2) e Influenza B. No dia 13 de maio será o dia D de vacinação. De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Rosana Cerbarro, a meta é vacinar 90% dos grupos prioritários. A vacina é importante, embora não evita o contágio com esses vírus, ela ameniza os efeitos da doença no corpo dos pacientes imunizados e impede a morte por complicações de gripe, destacou.

Inclusos a partir deste ano no grupo prioritário, os professores que receberão a vacina devem apresentar no momento da vacinação, um documento com foto a carteira de vacinação e uma declaração emitida pela instituição de ensino onde trabalham. Os demais membros do grupo de risco devem levar apenas um documento com foto e a carteira de vacinação a Unidade de Saúde.


Fonte: Secretaria de Comunicação Social
Autor: Anny Silva


Foto: Assessoria
Mais uma vez o deputado federal Zeca Dirceu foi indicado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) para compor a Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), no ano de 2017. O órgão legislativo do Congresso Nacional, composto por 46 titulares (34 deputados e 12 senadores), é responsável por analisar os projetos que definem os gastos do Executivo, avalia a aplicação dos recursos e aponta eventuais irregularidades. A comissão vota o Plano Plurianual (PPA), com metas a serem atingidas nos quatro anos seguintes; a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estabelece os parâmetros do Orçamento; e a Lei Orçamentária Anual (LOA), que organiza as receitas e despesas que o governo terá no ano seguinte.

No seu reinício, a comissão terá que lidar com o contingenciamento anunciado pelo governo de R$ 42,1 bilhões, sendo R$ 10,5 bilhões em investimentos públicos. Para a oposição, os cortes em investimentos e ministérios de áreas estratégicas para economia, como Agricultura que sofrerá corte de 50,3%, são reflexos de decisões econômicas erradas, de uma governo focado apenas em reformas que não vão ajudar o país, além de um discurso falso de austeridade.

O deputado  destaca que o contingenciamento vai prejudicar investimentos em saúde, educação e em programas sociais. No entanto ressaltou que vai buscar reverter a política de cortes do governo, por meio da Comissão. "Já integrei essa importante Comissão em 2012 e 2015, que decide as questões orçamentárias maiores, decide o planejamento do país. Vou mais uma vez com muito vigor ter uma atuação no sentido de articular grandes investimentos para o país, de discutir a necessidade de transparência e clareza do que o governo arrecada e como o dinheiro tem sido gasto , além de defender grandes projetos de interesse da população que dependem do orçamento federal. A experiência dos anos anteriores me mostrou que a CMO aumenta e muito a capacidade de cada deputado articular obras e programas e investimentos, por isso estou muito satisfeito e comprometido em fazer um grande trabalho", comentou.

Histórico

Como membro do colegiado, o deputado federal Zeca Dirceu, que foi relator do PPA em 2016-2019, comentou a importância do trabalho da CMO. “Além de votar as leis do orçamento, os membros da Comissão podem propor a aplicação de recursos em áreas estratégicas, por meio de estudos elaborados e discussões democráticas. Como relator, apresentei parecer para um PPA democrático, simplificado e orgânico”, pontuou.

O parlamentar lembrou, ainda, que trabalhou para que o Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, o Plano Brasil Sem Miséria e o Plano Nacional de Educação fossem prioridades da Administração Pública Federal e tivessem tratamento diferenciado durante a execução do Plano Plurianual. “Assim como em todo meu trabalho, na CMO vou continuar priorizando a educação e avançar ainda mais nos indicadores de desenvolvimento da área. E também lutar por mais investimentos em programas que tenham como finalidade a redução da desigualdade social no país, como o Bolsa Família. O que não podemos é admitir que o país sofra com a falta de investimentos sacrificando a economia e principalmente a população”, justificou.

Como relator, o deputado primou por alinhar o PPA com as metas do Plano Nacional de Educação (PNE), priorizando a promoção dos avanços em relação às metas do próprio plano educacional. O relator também criou algumas metas para o setor, como elevar a taxa de alfabetização da população com 15 anos ou mais para 95% até 2019.

Incluiu nas prioridades o combate ao mosquito transmissor de doenças como a dengue, a chikungunya e a zika. Esta última provocou uma epidemia de microcefalia em fetos.

Na área de infraestrutura, com cerca de 21% dos recursos dos programas temáticos, as metas de maior destaque estão as relacionadas a habitação: disponibilizar 3 milhões de moradias pelo programa Minha Casa, Minha Vida.



Fonte: Assessoria
Foto:Geraldo Bubniak
O JMalucelli está eliminado do Campeonato Paranaense de 2017. Em votação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o clube foi punido pela escalação irregular do atacante Getterson com a eliminação da competição. Com isso, o Rio Branco, que terminou a primeira fase na nona colocação, está classificado para enfrentar o Londrina nas quartas de final.

O julgamento iniciou com 1h30 de atraso, por problemas na logística dos auditores que são de fora do Rio de Janeiro para chegar à cidade. O caso do JMalucelli foi o segundo item da pauta do STJD e teve início por volta as 13h50.

O relator do STJD, Paulo Salomão, aceitou apenas o Toledo e o Rio Branco como terceiros interessados no processo do JMalucelli e autorizou que as partes pudessem se manifestar, considerando FC Cascavel, Foz do Iguaçu e PSTC como não afetados diretamente em uma eventual punição.

Através de seu advogado, Marcelo Contini, o Jotinha seguiu utilizando como argumento para a defesa o inciso terceiro do artigo 15 do regulamento do Campeonato Paranaense, que dá condições de jogo aos atletas que retornam de empréstimo, desde que não tenham atuado por outro clube da mesma competição e que o processo de retorno seja efetivado no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, até o último dia útil que anteceder a nona rodada da primeira fase do estadual.

A decisão do relator foi acompanhada por unanimidade pelos auditores e a definição ficou pela punição com a perda dos pontos e eliminação do JMalucelli do Campeonato Paranaense. Com isso, o Rio Branco se classifica e vai disputar as quartas de final contra o Londrina. O STJD não quis se pronunciar se haverá rebaixamento do Jotinha e se o Toledo irá se livrar ou não.

O representante do Rio Branco, Alessandro Kichino, celebrou a decisão no Rio de Janeiro e afirmou que espera que apenas o duelo diante do Tubarão aconteça neste fim de semana. “Ficamos satisfeito com essa decisão. O Rio Branco volta ao Campeonato Paranaense e vai se preparar para jogar neste final de semana. Só fica uma definição se terá somente o jogo do Londrina e Rio Branco no domingo, ou se tenha demais jogos da fase”, declarou “Prefiro que sim. Para não ter nenhum beneficiário”, declarou.

Entenda o caso

O atacante Getterson, do JMalucelli, retornou de empréstimo do Dallas, dos Estados Unidos, em janeiro, e não teve sua volta ao clube publicada no Boletim Informativo Diário (BID). O jogador atuou nas três primeiras rodadas do estadual e foi regularizado somente após os jogos.
Denunciado pela irregularidade, o clube perdeu 16 pontos no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR), mas conseguiu recuperar no Pleno do Tribunal. Com o caso no STJD, o JMalucelli acabou punido no Rio de Janeiro com a perda da pontuação e eliminação do Paranaense.


Fonte: Banda B
Por Guilherme Coimbra com informações de Wellington Campos


Foto: Assessoria 
A proposta de reforma trabalhista recebeu mais de 840 emendas dos deputados, e o relator do projeto, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), promete apresentar seu parecer antes do feriado da Páscoa, nos dias 12 ou 13 de abril. Todos os pontos da reforma receberam emendas. A previsão de votação da matéria na comissão especial é no início de maio.

Além de reduzir direitos do trabalhador e trabalhadora, o governo temer agora quer impedir a discussão sobre a Reforma Trabalhista. A oposição defende o debate amplo com sociedade e congresso, mas a base governista quer que o assunto termine na Comissão Especial que trata do tema, sem que seja apreciada no plenário.

Durante as audiências públicas, desembargadores da Justiça do Trabalho têm afirmado que a proposta de Reforma Trabalhista é inconstitucional ao promover redução de direitos trabalhistas. E que também a prevalência do negociado sobre legislado, ao contrário do que o governo promete, vai aumentar o número de processos trabalhistas. Por isso a oposição quer discutir amplamente a reforma ponto a ponto e rejeitar o desmonte da CLT apresentado pelo governo temer.

O deputado federal Zeca Dirceu defende que a população sindicatos, trabalhadores e representantes tem que deixar claro que não aceitarão nada que prejudique as relações de trabalho no país. “Temos que participar e pressionar governo e parlamentares para que não concordem com as propostas que esse governo tem empurrado para os trabalhadores e trabalhadoras do nosso país. O número de emendas só comprova que ninguém concorda com o projeto. Chega de retrocessos, a população não aguenta mais” enfatizou.



Fonte: Assessoria 
Foto: assessoria
Por conhecer a realidade dos municípios do Paraná, o deputado federal Zeca Dirceu sabe da realidade e carências da saúde pública do estado. Por essa razão, quando participou da decisão da Bancada do estado de destinar R$ 43 milhões para a saúde dos municípios do Paraná, o deputado já sabia em que área aplicar sua cota de investimentos. Assim, sua indicação vai beneficiar 24 municípios na aquisição de kits de fisioterapia e de transporte sanitário (ambulâncias). Cada kit no valor de R$ 40 mil e a ambulância de R$ 120 mil, totalizando quase R$1,3 milhão somente da cota do parlamentar.

O empenho dos recursos foi liberado pela Secretaria de Governo, para o Fundo Estadual de Saúde do Paraná. O empenho da emenda foi um esforço coletivo da Bancada Paranaense no Congresso, direcionada ao ministro da Saúde Ricardo Barros. O deputado federal Zeca Dirceu lembrou que a conquista para a saúde do Estado se deve também aos coordenadores da Bancada Federal do Paraná, em 2015, o deputado federal João Arruda e o atual, Toninho Wandscheer, pelo trabalho realizado à frente do colegiado. “Essa é uma vitória para todos os paranaenses. Minha cota de recursos será investida em 4 ambulâncias, e em 20 equipamentos para fisioterapia. Temos que parabenizar aos coordenadores Toninho, e do ano anterior, deputado João Arruda que conduziram todo o processo com muita eficiência e transparência”, pontuou.

Com os valores já empenhados, significa que estão com garantias no orçamento do Governo Federal. E, em breve serão pagos.

Histórico

Em 2015, a Bancada Paranaense apresentou emenda para a Saúde, e firmou compromisso de parceria com o secretário da pasta do Estado, Michelle Caputto Neto. Agora, na gestão do deputado Toninho Wandscheer, foi empenhado R$ 43 milhões pelo Ministério da Saúde, com aporte de mais R$ 33 milhões do governo estadual, somando um total de quase R$ 80 milhões em recursos para a Saúde do Paraná.

Com o empenho, os 33 parlamentares do Paraná indicaram as instituições que serão atendidas com estes investimentos. Veja abaixo a lista de municípios contemplados pelo deputado federal Zeca Dirceu:


Município
Objeto
Valor R$
Tapejara
kit fisioterapia
40.000,00
Tuneiras do Oeste
kit fisioterapia
40.000,00
São Carlos do Ivaí
kit fisioterapia
40.000,00
Doutor Camargo
kit fisioterapia
40.000,00
São Manoel do Paraná
kit fisioterapia
40.000,00
Douradina
kit fisioterapia
40.000,00
Xambrê
kit fisioterapia
40.000,00
Mariluz
kit fisioterapia
40.000,00
Altônia
kit fisioterapia
40.000,00
Moreira Sales
kit fisioterapia
40.000,00
Colorado
Transporte Sanitário
120.000,00
Engenheiro Beltrão
Transporte Sanitário
120.000,00
Mamborê
kit fisioterapia
40.000,00
Juranda
kit fisioterapia
40.000,00
Querência do Norte
Transporte Sanitário
120.000,00
Terra Rica
kit fisioterapia
40.000,00
Porto Rico
kit fisioterapia
40.000,00
Ramilândia
kit fisioterapia
40.000,00
Rio Bonito do Iguaçu
kit fisioterapia
40.000,00
Cantagalo
kit fisioterapia
40.000,00
Planalto
Transporte Sanitário
120.000,00
Salgado Filho
kit fisioterapia
40.000,00
Clevelândia
kit fisioterapia
40.000,00
Honório Serpa
kit fisioterapia
40.000,00
 Total destinado

1.280.000,00




Fonte: Assessoria
Assessoria 
A diretoria do Grêmio de Esportes Maringá confirmou nesta quarta-feira (15) a contratação de dois laterais: Igor, que atua pelo lado direito e defendeu recentemente a Matonense-SP e o esquerdo Maurim, ex-Independente, de Limeira-SP. Ambos estão contratados, e já iniciaram os treinamentos com os demais jogadores do Alvinegro.

O elenco do Grêmio Maringá mantém a rotina de treinamentos diários no Estádio Antonio Granzotto, em São Jorge do Ivaí. A pré-temporada para a estreia no Campeonato Paranaense da Segunda Divisão termina oficialmente na sexta-feira (17). Na manhã de sábado (18) a equipe segue viagem com destino a Prudentópolis. O time estreia no domingo (19), às 15h30, no Estadual. A partida será diante do Cascavel CR, no Estádio Newton Agibert, em Prudentópolis.


Fonte: Assessoria 

Foto: Renato Baldissera/Eleven/Estadão Conteúdo
O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR) julgou todos os incidentes ocorridos no clássico Atletiba que não aconteceu no dia 19 de fevereiro, na Arena da Baixada. Em julgamento que durou quase seis horas, o TJD-PR absolveram os quarteto de arbitragem e os dirigentes de Atlético e Coritiba, mas multou a Federação Paranaense de Futebol (FPF) em R$ 20 mil que será destinado ao Hospital Pequeno Príncipe.

O árbitro Paulo Roberto Alves Júnior, os assistentes Weber Felipe da Silva e Júlio César de Souza e o quarto árbitro Rafael Traci foram denunciados no artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por não cumprir ou dificultar o cumprimento de obrigação legal e mais no artigo 269 por recusar-se, sem justificativa, a iniciar a partida. Dois auditores votaram pela punição dos quatro árbitros, mas a maioria de votos foi pela absolvição.

Assim como a arbitragem, todos os dirigentes de Atlético e Coritiba que entraram no gramado da Arena da Baixada ou ficaram na boca do túnel foram absolvidos no artigo 258-B por invadir o local destinado para arbitragem ou local de jogo. No total foram nove profissionais que não foram condenados: Luiz Sallim Emed (presidente do Atlético); Marcio Lara (vice-presidente do Atlético); Mauro Holzmann (diretor de marketing do Atlético); Regina Bortoli (diretora jurídica do Atlético); José Fernando de Macedo (vice-presidente do Coritiba); Ernestro Pedroso (diretor institucional do Coritiba); Rodrigo Weinhardt (diretor de comunicação do Coritiba); Alex Brasil (diretor de futebol do Coritiba); Rafael Zucon (supervisor de futebol do Coritiba).

Já a FPF foi denunciada nos artigos 191, 206 – por atrasar o início da partida – e também 203 – por deixar de disputar a partida sem justa causa ou dar um motivo para a não realização. Os auditores definiram condenar apenas no artigo 203 com uma multa de R$ 20 mil.

Como foi o julgamento

A procuradoria do TJD-PR começou o julgamento mostrando todas as entrevistas feitas pelos dirigentes de Atlético e Coritiba e também destacou o trecho em que o quarto árbitro Rafael Traci disse que o jogo não começou por ordens do presidente da FPF, Hélio Cury.

Entretanto, o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior negou que tenha recebido qualquer ordem do presidente da FPF para dar início ao jogo e apenas cumpriu o regulamento de não deixar pessoas consideradas “estranhas” na beira do gramado. “Reparei que tinha inúmeros dirigentes invadindo em campo e vindo falar comigo. Minha preocupação era o policiamento tirar essas pessoas e assim que tirassem, o jogo começaria. Não tinha nada a ver com transmissão de A, B ou C. Minha preocupação era cumprir o regulamento e eles saindo podiam ir para qualquer lugar. Eram pessoas estranhas que eu nem sei sabia quem era, podiam trazer risco para a partida”, explicou.

O próprio Traci corroborou que a informação não foi passada e admite que se “enrolou” após a vasta quantidade de informações passadas durante todo o acontecido. “Depois que entramos em campo, o vídeo já fazia uns 10 minutos da pequena confusão. Você escuta tanta coisa de transmissão, Hélio Cury, eu achei que teria algo a ver com transmissão, mas foi algo pessoal. Eu me enrolei e o vídeo é editado. Infelizmente, editaram a parte que foi de interesse”, declarou.

Responsável pelo credenciamento de todos os profissionais da imprensa, a supervisora da FPF, Júlia Abul-Hak, explicou que os responsáveis pela transmissão oficial dos clubes entraram por um outro portão e ressaltou que o diretor de marketing do Rubro-Negro Mauro Holzmann negou a saída de todos os profissionais não credenciados.

“Quando fui para o gramado, essas pessoas já estavam no gramado e estavam usando um colete que não é o que a gente fornece para a imprensa. Avisei a arbitragem dessa situação, fiz fotos dessas pessoas no gramado e avisei novamente que não poderiam ficar no gramado. Voltei no vestiário da arbitragem para confirmar que elas estavam entorno do gramado”, disse a supervisora. “Eu sugeri que ficasse no gramado o cinegrafista de cada clube mais as repórteres de cada clube. Essa sugestão não foi aceita e novamente o senhor Mauro Holzmann disse que ninguém saísse do gramado”, complementou.


Dos denunciados do Atlético, apenas a diretora jurídica Regina Bortoli esteve presente no TJD-PR e ressaltou que tentou um acordo para que os profissionais estivessem credenciados no dia do jogo. Já do lado do Coritiba, o diretor de futebol Alex Brasil, o supervisor de futebol Rafael Zucon e o responsável pelo setor de comunicação Rodrigo Weinhardt foram questionados e todos destacaram que o primeiro argumento para adiar o jogo era a transmissão nas redes sociais.


Fonte: Banda B
Fotos: Divulgação
Uma série de assaltos, a duas lojas de celulares que ficam no Shopping São José, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, terminou com dois ladrões presos momentos após o crime, que aconteceu na manhã desta terça-feira (14). A detenção aconteceu após um rápido trabalho da Guarda Municipal (GM), com o apoio dos seguranças do estabelecimento.


Segundo a GM, três marginais anunciaram o assalto a uma loja da Appe e outra da Samsung. A equipe foi acionada e conseguiu deter dois dos ladrões, além de recuperar os produtos roubados.

Arma localizado com os suspeitos
 “Logo após o comunicado do roubo, o cerco foi fechado e a equipe que estava mais próxima se deparou com os indivíduos correndo pela Rua Ângelo Zen. Houve a abordagem de dois indivíduos e foram apreendidos uma pistola de calibre .380 com numeração suprimida e aproximadamente R$ 30 mil em aparelhos da Apple”, disse o perfil oficial no Facebook da GM de São José dos Pinhais.



O outro suspeito até o momento não foi localizado. “Este marginal fugiu levando os produtos da loja da Samsung, conduzindo um veículo Ford/Fiesta de cor preta na contramão de direção, pela Rua Voluntários da Pátria”, concluiu a GM.




Fonte: Banda B 
Foto: Reprodução
Geovana de Oliveira França, de 18 anos, estudante de enfermagem no Senac, morreu após ser atropelada por um ônibus do transporte coletivo em Campo Mourão.

O acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (13), por volta das 16h30, próximo ao Paraná Família. A moça teria caído da circular e o coletivo passou sobre suas pernas e quadril.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros socorreu a vítima com urgência até o hospital Santa Casa, mas ela não resistiu aos ferimentos. Geovana morreu por volta da meia-noite.

A polícia deve apurar as causas do acidente.



Fonte: CGN/Tá Sabendo
Três  pessoas da mesma família morreram no acidente de trânsito neste domingo (12), em Nova Alvorada do Sul, no Mato Grosso do Sul. 
Foto: Alvorada Informa
De acordo com informações, uma carreta Scania, com placas de Lontra, PR, invadiu a pista contrária e bateu na lateral de uma Ford Ranger, com placas de Curitiba, que conseguiu desviar da carreta. Logo atrás, vinha o Fiesta, com placas de Toledo, que bateu de frente com o caminhão. 

Foto: Alvorada Informa
Três pessoas que estavam no Fiesta morreram na hora. Os corpos foram levados ao IML (Instituto Médico Legal). Uma das passageiras, está na UTI em estado grave. O motorista do caminhão também foi atendido pelas equipes de socorro da concessionária que administra a rodovia e levado ao hospital. 

As informações são de que a família ia até Campo Grande visitar um familiar internado no hospital. Eles são moradores de Novo Sarandi, distrito de Toledo.




Fonte: Catve/Informações Alvorada Informa